Dicas aos meus convidados
Tips to my Guets

Fotos Recentes
Visitando Londres

Bom, eu sou suspeito pra falar de Londres porque eu amo essa cidade! E como um morador, trabalhador e aventureiro, não poderia deixar de dar minhas dicas pra vocês.

Londres é uma cidade agitada, rica em cultura e oportunidades, e aqui estão algumas das muitas razões porque Londres é uma das cidades mais vibrante do mundo:

- Três dos dez melhores museus e galerias do mundo estão em Londres e 857 galerias de arte no total.

- Londres tem quatro locais de patrimônio mundial da UNESCO: Torre de Londres, Maritime Greenwich, Palácio de Westminster, que inclui a Abadia de Westminster e Igreja de Santa Margarida, e o Kew Royal Botanic Gardens.

- Há mais de 300 línguas faladas em Londres, mais do que em qualquer outra cidade do mundo.

- Existem mais de 17.000 apresentações de música por ano em mais de 300 locais de Londres, incluindo a O2 arena – local de música mais popular do mundo nos últimos cinco anos seguidos.

- 84% dos londrinos acham que a cena cultural da cidade é importante para garantir uma elevada qualidade de vida (Investigação GLA / ICM).

- Londres tem mais de 170 museus, sendo 11 nacionais, incluindo o Museu Britânico – a casa de milhares de anos de cultura, incluindo a Pedra de Roseta (196 aC).

Então, vamos lá! Existem muitas coisas para e ver e fazer por aqui, e melhor ainda é que muitas são free (de graça).

Vamos começar pelo famoso e mais procurado ponto turístico de Londres:

 

1. Big Ben

É o grande sino dentro da torre do relógio da Casa do Parlamento em Westminster. O nome é usado também para referir-se à própria torre.

A torre do relógio está localizado no extremo norte do Palácio de Westminster, no centro de Londres, e foi construída em 1859. A torre é conhecida como Big Ben porque essa era a alcunha do maior sino na torre do relógio que foi originalmente chamado de Grande Bell.

Ela tem 96 metros de altura e existem cerca de 400 degraus até o topo.

A Ponte de Westminster é um excelente local para tirar uma fotografia, bem como a Praça do Parlamento.

Estação próxima: Westminster

 

2. London Eye 

Situada no South Bank, do outro lado do Big Ben, a London Eye, que possui 135 metros de altura, é um dos pontos turístico mais procurado pelos visitantes. As suas 32 cápsulas de vidro, que representam os 32 distritos de Londres, tem capacidade para 25 pessoas cada e fazem uma volta completa em cerca de 30 minutos, que permitem explorar a visão de até 40 km de vistas panorâmicas em um dia claro.

Estações próximas: Waterloo e Westminster

 

3. Buckingham Palace

O Palácio de Buckingham é a residência da rainha oficial de Londres e é usado para receber e entreter os convidados do estado, cerimoniais e ocasiões oficiais para a Família Real. O palácio foi construído originalmente em 1705 para o Duque de Buckingham. No pátio do Palácio de Buckingham, às 11h30 e todos os dias durante o verão ou cada dois dias no inverno, tem a troca da guarda. Troca da guarda é a cerimônia da substituição dos guardas que protegem os palácios reais.

Esta é a cerimônia mais famosa de Troca da Guarda. Você verá os Old Queen’s Guards (da infantaria, que não montam cavalos) entregando as chaves do Palácio de Buckingham para os New Queen’s Guards. O Palácio de Buckingham e o St. James’s Palace localizam-se muito próximos um do outro. Eles são conectados pela The Mall, a rota cerimonial. Os guardas que protegem o Palácio de Buckingham e o St. James’s Palace, os Queen’s Guards, utilizam esse caminho durante a cerimônia.

A cerimônia dura cerca de 45 minutos e é livre para assistir.

Estações próximas: Victoria e St. James Park

 

4. Piccadilly Circus

Piccadilly Circus é imediatamente reconhecível devido aos sinais de néon extravagantes e é uma das áreas de entretenimento mais vibrante de Londres. A área tem muitos pubs, discotecas, cinemas e restaurantes, e você pode se sentir como se estivesse numa mini Times Square. Outros pontos de interesse perto são: Leicester Square, Soho, Regent Street, China Town, onde se concentram muitos teatros e, com certeza, é o point da galera que gosta de vida noturna agitada.

Estações próximas: Picadilly Circus e Leicester Square

 

5. Trafalgar Square

Trafalgar Square está no coração de Londres e é o lar da estátua de Nelson, leões de pedra icônicas, o famoso Fourth Plinth e um monte de pombos. É um destino imperdível para os visitantes de Londres. Muitas vezes, você vai encontrar eventos culturais, performances, shows e outras atividades especiais acontecendo na praça das fontes. No Natal você vai encontrar a maior árvore de Natal em Londres, um presente anual da cidade de Oslo. Aaahh! E não deixe de visitar The National Gallery, onde cada pintura conta uma história e você pode aprender muito sobre as pinturas atravéz de um guia. O melhor de tudo: é free (de graça)!

Estação próxima: Charing Cross

 

6. Camden Town

De mercados variados à música, Camden Town oferece experiências ecléticas.

Camden Town tem sido uma área residencial desde os anos 1790, mas foi só com o desenvolvimento do Grand Union Canal e da melhoria do transporte ferroviário, que transformou-se em uma parte movimentada de Londres. Hoje, os visitantes e moradores se reúnem para caçar tesouros nos mercados de Camden como: passeio pelo regente Canal, olhar as belas construções, mostra de culinária de todo o mundo, ouvir música ao vivo e absorver a atmosfera vibrante e diversificada. Muitas pessoas famosas, incluindo Dylan Thomas, Walter Sickert e Amy Winehouse, fizeram de Camden sua casa.

Estações próximas: Camden Town Tube ou Chalk Farm Tube

 

7. Harrods

Harrods é uma loja de departamentos de luxo localizado na Brompton Road, em Knightsbridge, no Royal Borough of Kensington e Chelsea, em Londres. A marca Harrods também se aplica a outras empresas empreendedoras pelo grupo de empresas Harrods, incluindo Harrods Bank, Harrods Estates, Harrods Aviation e Air Harrods, e Harrods Buenos Aires, vendido pela Harrods em 1922 e fechado desde 2011, com planos anunciados para reabrir em 2013.

Você não precisa comprar nada, somente a visita já vale muito a pena!

Horário: 10h - 20h

Estações próximas: Knightsbridge e Sloane Square

 

8. Museu de História Natural

O Museu de História Natural é, com certeza, para impressionar até mesmo a mais cansada das crianças. Este ornamentado museu é o lar de mais de 70 milhões de espécimes de todo o mundo natural, incluindo insetos, fósseis e rochas. A galeria de dinossauros tem uma das peças mais populares do museu, um gigante T. rex, o Triceratops com chifres e pele fossilizada de um edmontossauro. As crianças também podem passar sua mão e se tornar um cientista através de hands-on, ferramentas educacionais, galeria de trilhas e atividades de arte. E se a lula gigante e as baleias azuis ainda não impressionaram seus filhos, vale levá-os para dentro de um representante globo gigante do sistema solar ou trazê-los para ‘The Power Within “, onde eles podem se sentir uma simulação de terremoto.

A entrada é gratuita.

Horário: 10h - 17h45 (diariamente)

Estação próxima: South Kensington

 

9. British Museum

British Museum é um museu dedicado à história da humanidade e da cultura, localizada em zona de Bloomsbury, em Londres. Sua coleção permanente, numeração de cerca de 8 milhões de obras, é um dos maiores e mais abrangentes na existência, e provém de todos os continentes, ilustrando e documentando a história da cultura humana desde o seu início até o presente. Lá você vai ver sarcófagos e múmias de verdade, esfinges, pedaços das pirâmides como colunas e paredes pintadas e esculpidas.

Horário: 10h – 17h30 (diariamente) 

Estações próximas: Tottenham Court Road, Holborn, Russell Square e Goodge Street

 

10. Borough Market

Borough Market é um mercado de atacado e varejo de alimentos em Southwark, centro de Londres. Ele é um dos maiores mercados de alimentos e mais antigos da cidade e vende uma grande variedade de alimentos de todo o mundo.

Dica: você pode encher-se só com as amostras grátis  [:)]

Horário: 8h - 17h (quinta a sábado) 

Estações próximas: London Bridge e Borough

 

11. The Shard

Aproveitando a caminhada, já que está por ali, por que não visitar o The Shard, com 244 metros de altura? É o edifício mais alto da Europa Ocidental. A torre tem janelas do chão ao teto para te proporcionar uma visão única da cidade de Londres.

Dica: Ao invés de pagar pra ir até ao topo, dê uma parada no Aquashard bar e restaurante e experimente um maravilhoso cocktel apreciando uma bela vista lá de cima. Para o bar não precisa de reserva e só paga o que consumir.

 

12. Tower Bridge

A Tower Bridge é uma das pontes mais conhecidas no mundo. Seu estilo gótico vitoriano decorre de uma lei que obrigava os designers a criar uma estrutura que estaria em harmonia com a torre nas proximidades de Londres.

Tirar fotos da Tower Bridge é a atividade favorita turística em Londres, mas você também pode ir para dentro da ponte e passar pela passarela entre as duas torres, onde terá uma vista magnífica de Londres.

Dentro da ponte tem uma área de exibição onde é possível observar a sala de máquinas vitoriana. Os visitantes podem aprender sobre a história da ponte através de fotos, filmes e outras mídias.

Em 2014, pisos de vidro foram instalados nas passarelas, dando aos visitantes uma outra vista incomum da ponte. Os 11 metros de comprimento de pisos de vidro e mais de 40 metros acima do rio permitem observar o tráfego sobre a ponte de cima. É particularmente fascinante ver a ponte abrir e fechar abaixo de seus pés.

Estações próximas: Tower Hill

 

13. St Paul’s Cathedral

A St. Paul’s Cathedral (Catedral Anglicana de São Paulo) é um cartão postal de Londres. Ponto turístico de grande relevância histórica, a catedral configura-se como a sede do Bispo de Londres. Muitos a conheceram em 1981, quando o Príncipe Charles casou-se com a princesa Diana.

Sua cúpula, belíssima, arquitetada por Sir Christopher Wren, é uma das maiores do mundo. E é claro, se você visitar a Catedral, por que não atravessar a Millenium Bridge? Do outro lado da ponte há belas arquiteturas como a do teatro de Shakespeare, The Shard e Tower Bridge e algumas oportunidades de foto fabulosas.

Horários: 8h30 às 16h (segunda a sábado). Domingo, apenas orações.

Estações próximas: St. Paul’s e Mansion House

 

14. Litlle Venice 

Little Venice é um oásis de calma arborizada a poucos minutos da Estação de Paddington. É um local encantador para passear pelo canal ou sentar-se e observar os narrowboats coloridos de um dos cafés à beira da água.

Little Venice é onde o Canal do Regent encontra com o braço Paddington do Grand Union Canal. É o lar de muitos barcos, incluindo uma galeria de arte flutuante, teatro de fantoches e café.

O nome de Little Venice foi dado pelo poeta Robert Browning. As ruas arborizadas do bairro e grandes terraços georgiano e vitoriano tornou-o um dos lugares mais pitorescos de Londres.

Você pode fazer um pequeno cruzeiro pelo canal admirando as lindas paisagens e ainda pode ter o previlégio de ver alguns animais do zoológico que fica às margens do canal.

Estação próxima: Warwick Avenue

 

15. Kingston

Uma instalação de arte criado em 1989, de David Mach, composta por 12 cabines telefônicas gradualmente caindo como dominós.

Estações próximas: Kingston

 

16. Richmond Park

Se quer fugir da agitação, sugiro uma bela caminha pelo parque. O maior Park Royal em Londres (1.000 hectares) é lar de 650 veados. Esta paisagem pastoral de colinas e bosques entre árvores antigas, com plantas, animais e borboletas, oferece um ambiente tranquilo para os visitantes.

Estação próxima: Richmond 

 

17. The O2 Arena and Emirates Air Line

O2 Arena é um grande centro de entretenimento na península de Greenwich no sudeste de Londres, incluindo uma arena indoor, um clube de música, um cinema Cineworld, um espaço de exposição, praças, bares e restaurantes. Foi construído em grande parte dentro do antigo Millennium Dome, um grande edifício em forma de cúpula feito para abrigar uma exposição que celebra a virada do terceiro milênio; como tal, a cúpula continua a ser um nome de uso comum para o local.

O Teleférico Londres, oficialmente conhecido como "The Emirates Air Line", patrocinado pela Emirates Airline, é um teleférico que cruza o rio Tâmisa, do East London, entre o Royal Docks perto Canning Town, e da Península de Greenwich.

O tempo de viagem é de dez minutos, que dá aos visitantes tempo para apreciar a vista. O teleférico abre às 7h, de segunda a sexta-feira, às 8h, aos sábado, e 9h aos domingos. Ele fecha às 20h durante os meses de inverno (outubro a março) e às 21h durante os meses de Verão (abril a setembro). Durante os eventos no Centro Excel e o serviço O2 Arena pode continuar até mais tarde da noite.

Estação próxima: North Greenwich

 

18. Windsor Castle

Se você gosta de castelos, assim como eu, certamente vai querer visitar o Castelo de Windsor, que fica cerca de uma hora de trem, saindo da estação de Waterloo. É uma curta viagem e não é muito caro (mais ou menos £10). Windsor Castle é um dos maiores castelos do mundo e começou como uma simples Motte e Bailey construído no século 11 por William, o Conquistador. Mais tarde, reis ingleses foram fazendo expansões extensas.

Pode-se facilmente passar um dia inteiro a vaguear pelas enfermarias, pátios e jardins. A arquitetura é rica e diversificada e reflete os diversos estilos e gostos dos monarcas ingleses ao longo dos séculos. Às vezes seu tempo em Londres é limitado, o que é perfeitamente aceitável, mas, se você tiver tempo, tire um dia para desfrutar dessa experiência única.

Estação próxima: Windsor

 

19. Bath City

Bath é uma pequena cidade com, aproximadamente, 84mil habitantes e fica a 156 km de Londres, 1h30 de trem, saindo da estação de Paddington. Com uma arquitetura romana lindíssima e monumentos históricos, a cidade é muito charmosa e atraente. Um dos pontos turístico mais visitados na cidade é o Roman Bath, que fica no centro da cidade e foi construído pelos romanos para o banho das águas termais que fluem naturalmente naquela região. Os romanos acreditavam ser coisas dos deuses pelo fato de minar milhares de litros de água do chão com temperaturas de 46°c.

É claro que quem vai até Bath tem que visitar o Spa mais famoso da Inglaterra: o Thermae Bath Spa. Você pode passar duas horas incrivelmente relaxantes, utilizando a piscina na cobertura, sauna a vapor e piscina do piso térreo.

 

20. Top 5 Roof Bars 

Londres não é, tradicionalmente, uma cidade de arranha-céus, mas hoje em dia há muitos pontos com um cenário espetacular. Se caso um almoço ou jantar não tiver nos seus orçamentos, uma opção mais barata pode ser um chá da tarde, café ou um cocktail para admirar a vista linda que cada um oferece.

Aqui estão, na minha opinião, os 5 melhores bares de Londres com uma vista panorâmica incrível:

Radio Bar no Hotel Me